EA0023 | MESTRES DA BOLA | Área Restrita

FRANCISCO CARLOS GERALDELI

/ Francisco Carlos Geraldeli / “Chiquinho” / Defesa  / *01-11-1951 / Porto Ferreira (SP) / Filho de Francisco Geraldelie de Terezinha Bonetti Geraldeli / Casado com Chirly Pucci Geraldeli / Pai de Jaqueline Pucci Geraldeli / Administra a Venda Empório Ferreirense / Futebol  de Campo: Infantil do São Benedito, Paulista F.C, Clube de Campo das Figueiras, Lago F.C, Figueira F.C, Pantera Cor de Rosa F.C, Bancários, Veteranos do Palmeirinha F.C, Fazenda Santa Maria F.C, Fazenda Pau D'alho F.C, Fazenda Santa Mariana F.C /  Futebol Clássico: Peixinhos da Boca F.C, Canto do Rio F.C, Bancários F.C, Alvorada F.C, Açougue São Benedito F.C, Fórum F.C, Farmácia F.C, Dentadura F.C / Futebol de Salão: 4º ano do Grupo Escolar Sud Menucci, Peixinhos da Bola, Grêmio Ferroviário, Prefeitura de Porto Ferreira, Açougue São Benedito, Veteranos dos Bancários /


Vereador Prof. Sérgio Rodrigo e o nosso "Mestre da Bola" - "Chiquinho Geraldeli"
 
Francisco Carlos Geraldeli – conhecido pelo apelido de “Chiquinho” – é natural da cidade de Porto Ferreira (SP), nasceu no dia 1º de novembro de 1951.  É filho de Francisco Geraldeli e de Terezinha Bonetti Geraldeli; casado com Chirly Pucci Geraldeli pai de Jaqueline Pucci Geraldeli. Casou-se no mês de setembro de 1983 aos 33 anos e sua esposa tinha 25 anos.
 Em sua vida ele tem dois hobbys: jogar bola e tocar trombone!
Começou a jogar bola desde criança, no time infantil como defensor do São Benedito, em 1965.  Antes de começar a chutar bola, ‘Chiquinho’ experimentou a música e fez parte da primeira formação infantil de música, no ano de 1963.
Seguindo pelo caminho do futebol também jogou pelo Paulista, pelo famoso Pantera Cor-de-Rosa, pelo Clube de Campo das Figueiras, nos times Figueira e Lago.
A primeira vitória veio através do Campeonato Infantil, jogando pelo ‘Pantera’, depois no time dos bancários. Jogando na posição de defesa fez parte das equipes do Clube de Campo, Porto Ferreira, Palmeirinha e de outros. Além dos campos, ‘Chiquinho’ também rolou a bola nas quadras de Futebol de Salão.
Quando prestou serviços na Aeronáutica tinha o sonho de participar do concurso para uma banda de música, mas com o falecimento do pai, em agosto de 1970, resolveu por assumir o negócio da família - a Venda Empório Ferreirense - para ajudar sua mãe, por ser o filho mais velho.
Por volta do ano 2002 teve que se afastar dos campos por conta de uma cirurgia no quadril, mas o amor pela música continuou até os dias de hoje.  ‘Chiquinho’ toca em vários eventos que é convidado e, principalmente   no Carnaval da Saudade.
 
Futebol de Salão Municipal 1989:  vice-campeão
Mafra, Papa, Gildo, Chiquinho (Geraldeli), Tenente, Mazela, Sérgio, Liba e Pelé Bira


Em pé: Cleitom, Luizão, Ninão, Júnior, Givaldo e WalterMafra. Abaixados: Gildo, Chiquinho (Geraldeli), Conão e Wanderley


Francisco Carlos Geraldeli com a esposa Jaqueline Pucci Geraldeli e a filha Jaqueline Pucci Geraldeli